Eletrônicos

StarTAC

No início de 1996, se você fosse ao show dos Mamonas Assassinas, a banda do momento, e precisasse ligar para o seu pai pedindo para que te buscasse, provavelmente usaria um orelhão. Poucas pessoas tinham celular na época, pois eles eram caros, grandes e desajeitados. Mas em 3 de janeiro isso iria mudar (ao menos a parte do grande e desajeitado), pois foi nessa data que a Motorola lançou o seu novo modelo de celular, o StarTAC.

O aparelho chegou ao mercado americano custando salgados U$1.000. No Brasil, poderia ser encontrado na época do lançamento por cerca de R$2.000, valor bem impressionante para a época. Corrigindo para valores atuais, o preço passaria de R$13.000! Mas havia motivos para isso: o aparelho era o menor e mais leve celular do mercado (sim, na época ser pequeno era bom), pesando cerca de 88 gramas. Foi o primeiro telefone “clamshell” (concha), o que significa que as suas duas metades de seu design dobrável tinham aproximadamente o mesmo tamanho. Esse design ficou mais conhecido pelo nome “flip”.

Numa época em que os celulares eram verdadeiros trambolhos, o StarTAC era elegante, pequenos e estiloso. Cabia facilmente no bolso, e ainda foi o primeiro telefone a oferecer o modo de vibração. Dessa forma, você poderia receber uma ligação em um ambiente formal mais discretamente, ou optar pelos tradicionais toques, ainda monofônicos.

Sua memória suportava até 99 contatos. O primeiro modelo (StarTAC 8500) ainda não oferecia troca de mensagens de texto (SMS), mas esse problema viria a ser solucionado nos modelos seguintes. Sua energia era suprida por uma bateria de Íon-Lítio de 400 mAh, suficiente para 2 dias longe das tomadas, um sonho para os padrões de hoje, mas não muito impressionante para a época. Se o usuário desejasse mais tempo de uso, poderia adicionar uma segunda bateria na parte de trás do aparelho.

Somando todas as suas versões, o StarTAC vendeu mais de 60 milhões de unidades, tornando-se um grande sucesso e um dos telefones mais importantes da história.

Curiosidades

– O design do StarTAC teria sido inspirado no comunicador do Capitão Kirk da série Jornada nas Estrelas (Star Trek).

– O preço do StarTAC na Inglaterra também era alto, por volta de £1.400. Era um valor tão absurdo que as propagandas da Motorola colocavam o aparelho lado a lado com um cartão de crédito American Express Gold, outro objeto de grande desejo da época, numa jogada de marketing para valorizar o seu produto. Com o tempo, outras versões foram sendo lançadas, a preços bem mais acessíveis, tanto no exterior quanto no Brasil.

– No vídeo a seguir é apresentado um guia de utilização do aparelho.

– Outro vídeo de propaganda da época destaca o tamanho diminuto do aparelho. Onde a modelo guardava o aparelho?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *